Connect with us

Brasil

STF se prepara para julgar Valdir Raupp na Lava-Jato

Publicada

em

Compartilhe

Ex-senador é acusado de receber R$ 500 mil de propina em forma de doação para campanha

O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF) pretende levar à julgamento, ainda no primeiro semestre deste ano, três ações penais na Segunda Turma, e uma deles é a do ex-senador de Rondônia, Valdir Raupp de Mattos (MDB), acusado de receber R$ 500 mil da construtora Queiroz Galvão em 2010 como doação de campanha. Um dos delatores afirmou aos investigadores da Lava-Jato que o dinheiro na verdade seria uma “propina”.

O ex-senador afirma que a doação foi legal, foi declarada e que tudo não passa de invenção por parte do delator.

Também devem ser levados à julgamento os irmãos Geddel e Lúcio Vieira Lima, ambos acusados de lavagem de dinheiro e associação criminosa no caso dos R$ 51 milhões em espécie encontrados num apartamento em Salvador em 2017.

O ex-deputado Aníbal Gomes (DEM-CE), acusado de, em 2008, receber propina de R$ 3 milhões de um escritório de advocacia por facilitar um acordo salarial da Petrobras com profissionais de praticagem, que fazem auxílio à navegação, também pode ser condenado ainda neste primeiro semestre.

Continue lendo
Anúncios
Comentários