Brasil

Receita informa que análise fiscal sobre Gilmar Mendes não aponta crime

A informação é do JOTA.INFO

O coordenador de Programação da Atividade Fiscal da Receita Federal, Pedro Menezes Bastos, afirmou à Procuradoria-Geral da República que o conteúdo e a análise dos e-dossiês que envolveram a movimentação financeira do ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal, não permitiram afirmar a eventual existência de crimes. O ofício aponta ainda que as suspeitas levantadas envolvendo Gilmar e sua mulher, a advogada Guiomar Menes, são genéricas.

Ministro do STF Gilmar Mendes

O documento da Receita é uma resposta a diversos pedidos de apuração feitos pelo presidente do Supremo, Dias Toffoli, após ter sido comunicado por Gilmar Mendes sobre as apurações envolvendo seu nome.

Bastos afirma que o trabalho tinha como foco possíveis fraudes de corrupção, lavagem, ocultação de patrimônio ou tráfico de influência e que esse objetivo foi reproduzido indevidamente nos relatórios, sem elementos concretos.

CLIQUE AQUI para ler a matéria completa no JOTA.

Sobre o autor

Jornalista, editor de Painel Político, consultoria em comunicação
Notícias relacionadas
Brasil

Brasil está entre os piores países do mundo para trabalhador, aponta debate na CCJ da Câmara

Brasil

Governo quer conceder 16 mil km de rodovias à iniciativa privada

Brasil

31 delatores dão calote de R$ 120 milhões à Justiça

Brasil

Maia afirma que é frágil a defesa do governo sobre decreto do porte de armas

Inscreva-se na nossa Newsletter e
fique informado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Vale a pena ler...
Presidente da Caixa nomeia personal trainer como consultor