Ex-assessor do senador Flávio Bolsonaro lembrou que ajudou a eleger muitos dos parlamentares que agora querem manter distância dele

Ex-assessor do senador Flávio Bolsonaro,  Fabrício Queiroz está irritado com deputados federais e estaduais do PSL eleitos pelo Rio. O motivo? O distanciamento e abandono por parte dos parlamentares agora que está sendo investigado pelo Ministério Público e teve seu sigilo bancário e fiscal quebrado.  A informação é da coluna Informe do Dia, do Jornal O Dia.

Segundo a nota, Queiroz conta que ajudou a maioria a vencer as eleições e se aproximar da família de Jair Bolsonaro. Lembra ainda que alguns dos candidatos à Alerj e à Câmara faziam fila para gravar vídeos de apoio com o presidente e que era ele quem organizava a acirrada ‘peregrinação eleitoral’

Parentes do ex-assessor de Flávio não se conformam com o distanciamento e andam ‘refrescando a memória’ dos parlamentares, que hoje o abandonaram.

Primeiro escalão

Queiroz não tem poupado nem a turma bolsonarista nomeada no primeiro escalão do governo Wilson Witzel. Lamenta o afastamento dos aliados que batem ponto no Palácio Guanabara.

O ex-assessor e Flavio são investigados pelo Ministério Público, que apura indícios de organização criminosa, lavagem de dinheiro e peculato no gabinete que foi de Bolsonaro na Alerj quando ele era deputado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *