Brasil

PSL, quem diria, vira obstáculo para Bolsonaro na articulação com o Congresso

O PSL se tornou um dos principais obstáculos para a articulação política do governo de Jair Bolsonaro (PSL) no Congresso. Sem hierarquia e orientação claras e formado por novatos, os integrantes da sigla têm usado as redes sociais para se posicionar sobre os mais variados temas, nem sempre a favor da atual gestão. Por isso, a legenda prepara uma reunião para a manhã desta terça-feira (26/3). As informações são do jornal O Globo.

Bancada do PSL / RAFAEL CARVALHO/GOVERNO DE TRANSIÇÃO

Desde o pleito de 2018, os políticos do PSL acabaram deixados de lado pelo presidente, que tem privilegiado o DEM, do ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, e mostram descontentamento, segundo o veículo. Os parlamentares tampouco chegaram a cargos importantes no governo ou têm livre acesso ao Planalto para as diferentes demandas.

Na última eleição, a bancada do PSL na Câmara saltou de um para 55 deputados, além dos cinco senadores. “É engraçado o governo querer contar com o PSL, sendo que, na transição, o partido do governo foi o DEM, que tem ministro da Casa Civil, da Agricultura, tem tudo o que quer”, disse Alexandre Frota (PSL-SP) ao jornal.

Metropoles

Sobre o autor

Jornalista, editor de Painel Político, consultoria em comunicação
Notícias relacionadas
Brasil

Eleito pelo NOVO pregando "fim dos privilégios", Zema faz 1 viagem aérea a cada 5 dias no governo de MG

Brasil

Bolsonaro promete novas regras para porte de armas de fogo

Brasil

Alexandre Frota é condenado a pagar R$ 50 mil a Gilberto Gil

Brasil

Temendo manifestação de caminhoneiros, Moro autoriza uso da Força Nacional na Esplanada dos Ministérios

Inscreva-se na nossa Newsletter e
fique informado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Vale a pena ler...
CPI para pressionar STF não pode ser instalada, conclui parecer do Senado