Connect with us

Brasil

Procuradora da “lava jato” pede desculpas a Lula por ironizar seu luto

Publicada

em

A procuradora da República Jerusa Viecili pediu desculpas ao ex-presidente Lula por ter ironizado seu luto diante de três perdas. Lula perdeu, em menos de dois anos, seu irmão Vavá, a mulher, Marisa Letícia, e o neto de sete anos, Arthur.

“Errei. E minha consciência me leva a fazer o correto: pedir desculpas à pessoa diretamente afetada, o ex-presidente Lula”, disse, em sua conta no Twitter. A procuradora é integrante da força-tarefa da “lava jato”. Com o pedido de perdão, deu um atestado de veracidade às mensagens de Telegram vazadas pelo site The Intercept Brasil.

Os diálogos a que a procuradora se refere foram publicados pelo site UOL nesta terça-feira (27/8). Nas conversas, diversos integrantes da “lava jato” fizeram pouco caso das mortes de Arthur, de Marisa e de Vavá. “Querem que fique pro enterro?”, perguntou, ironicamente, Jerusa, diante da notícia da morte de Marisa. “Preparem para a nova novela ida ao velório”, disse, em março deste ano, sobre a morte de Arthur.

No mesmo dia, o jornal Folha de S.Paulo noticiou que o ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal, ligou para Lula para se solidarizar. “O GM não dá ponto sem nó” foi o comentário de Jerusa.

Continue lendo
Anúncios
Comentários