Brasil

Por unanimidade, Sexta Turma do STJ decide libertar ex-presidente Michel Temer

Votos também beneficiaram coronel Lima, amigo do ex-presidente. Decisão é liminar (provisória). Os dois são réus em ação penal que investiga desvios na construção da usina de Angra 3

Por unanimidade, a Sexta Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) decidiu liminarmente (provisoriamente) conceder habeas corpus e libertar o ex-presidente Michel Temer, preso na sede do Comando de Policiamento de Choque, da Polícia Militar, em São Paulo. A deci

Os quatro ministros que votaram (Antônio Saldanha, Laurita Vaz, Rogério Schietti e Néfi Cordeiro) se manifestaram favoravelmente à libertação de Temer e do coronel João Baptista Lima Filho, ex-assessor e amigo pessoal do ex-presidente – outro integrante da turma, o ministro Sebastião Reis Junior se declarou impedido e não participou da sessão.

Os ministros que votaram se manifestaram pela substituição da prisão pelas seguintes medidas cautelares:

  • proibição de manter contato com outros investigados;
  • proibição de mudança de endereço e de se ausentar do país;
  • entregar o passaporte;
  • bloqueio dos bens até o limite de sua responsabilidade;
Sobre o autor

Jornalista, editor de Painel Político, consultoria em comunicação
Notícias relacionadas
Brasil

'Ninguém é obrigado a continuar como ministro meu', diz Bolsonaro sobre fala de Paulo Guedes

Brasil

Fabrício Queiroz, ex-assessor de Flávio Bolsonaro, pagou R$ 64 mil à vista pela cirurgia no Einstein

Brasil

Bolsonaro cumpre agenda no Nordeste nesta sexta-feira

Brasil

Oposição avalia que não é hora para pedir impeachment de Bolsonaro

Inscreva-se na nossa Newsletter e
fique informado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Vale a pena ler...
Dono da Gol assina delação e acusa Temer, Cunha e Geddel