Connect with us

Regional

Polícia Federal realiza operação em RO e PB para combater corrupção e fraude em licitação

Publicada

em

Compartilhe

“Operação Feudo” foi deflagrada após suspeitas de fraude no processo licitatório das obras de saneamento básico em Ministro Andreazza (RO). Mandados são cumpridos em Rondônia e Paraíba

A Polícia Federal deflagrou a Operação Feudo na manhã desta quarta-feira (10), para desarticular uma organização criminosa suspeita de desviar dinheiro público e fraudar licitação de obra de saneamento básico em Ministro Andreazza (RO) município da Zona da Mata.

Segundo informações da PF, serão cumpridos 16 mandados de busca e apreensão, cinco mandados de prisão preventiva, quatro de prisão temporária e apreensão de bens em Cacoal (RO), Ministro Andreazza (RO), Santa Luzia do Oeste (RO) e em João Pessoa (PB).

Investigações

Os policiais iniciaram as apurações em 2015, após suspeitas de corrupção e fraude no caráter competitivo do processo licitatório das obras de implantação de saneamento básico no município de Ministro Andreazza. A suspeita foi confirmada durante as investigações.

De acordo com a PF, as análises indicam que os membros da organização criminosa manipularam a licitação, direcionando o vencedor do contrato milionário da obra de saneamento básico da cidade.

O valor da licitação vencida pela empresa foi de R$ 18 milhões e até a quarta-feira (10) foram executados aproximadamente 65% dos serviços de saneamento básico, e comprovados cerca de R$ 3 milhões em prejuízos.

O trabalho conta com a participação de servidores da Controladoria-Geral da União (CGU).

Continue lendo
Anúncios
Comentários