Connect with us

Executivo

Para tentar garantir recondução, Raquel Dodge ‘segurou’ investigações contra Bolsonaro

Publicada

em

Reportagem da Folha revela que PGR ‘desengavetou’ papéis após seu nome perder força na disputa

Reportagem da Folha de São Paulo, assinada por Camila Mattoso e Ranier Bragon revela que a Procuradora Geral da República, Raquel Dodge teria propositadamente ‘segurado’ investigações contra Jair Bolsonaro para tentar garantir sua recondução ao cargo por mais dois anos.

De acordo com a matéria, “somente na última terça-feira (6), Dodge desengavetou os papéis e os mandou de volta para a primeira instância. Um dos casos em apuração é o de Wal do Açaí. Moradora de Angra dos Reis (RJ), Walderice Conceição atuou como funcionária fantasma na época em que o hoje presidente era deputado federal, conforme revelou a Folha.

O outro caso envolve Nathalia Queiroz, que estava ligada ao gabinete de Jair Bolsonaro na Câmara ao mesmo tempo em que atuava como personal trainer, situação também revelada pela Folha. Ela é filha de Fabrício Queiroz, ex-assessor de Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) que se tornou estopim de investigações contra o filho do presidente.

LEIA A REPORTAGEM COMPLETA NA FOLHA

Continue lendo
Anúncios
Comentários