Connect with us

Brasil

Oposição promete obstrução total enquanto Moro permanecer no cargo

Publicada

em

A oposição pede também o afastamento de Deltan Dallagnol e outro procuradores expostos pelo vazamento

A oposição na Câmara vai fazer obstrução total enquanto Sergio Moro não se afastar cargo e a PGR não afastar procuradores da Lava Jato.

O anuncio foi feito pelo líder do PT na Câmara, Paulo Pimenta.

Ele defendeu que algumas medidas cautelares sejam tomadas, como a saída de Moro e todos os relacionados a ele do Ministério da Justiça, para “garantir a lisura” do processo de investigação da PF.

A oposição pede também o afastamento de Deltan Dallagnol e outro procuradores expostos pelo vazamento.

Por último, a oposição também quer a apreensão dos celulares funcionais de todos os envolvidos no caso, para evitar “queima de arquivos.”

“Nós vamos entrar em obstrução total para que nenhuma matéria possa tramitar até que estas medidas administrativas e cautelares sejam adotadas, tanto em relação ao Moro quanto em relação aos procuradores.”

“Cabe ao Parlamento. Não apenas à esquerda e à oposição cobrar as investigações. Porque tem um grande impacto na democracia brasileira. Também é um problema da Procuradoria Geral da República”, acrescentou.

O líder do PT na Casa, Paulo Pimenta (RS), disse que essas medidas são de caráter “cautelar” que precisam ser adotadas para garantir as investigações de Moro. Ele pede o afastamento do ministro o quanto antes e que celulares funcionais também sejam investigados.

Continue lendo
Anúncios
Comentários