Sem categoria

O nosso futuro “MITO” – Professor Nazareno*

O governo de Jair Bolsonaro está há quase cinco meses no poder e a sua popularidade só diminui. Governo de lunáticos e despreparados, o que se vê é uma piada atrás da outra. Um governo falido e que não tem apresentado até agora nenhuma proposta para salvar o Brasil da eterna crise. Somente a reforma da previdência é que tem sido vendida como a “panaceia milagreira” que fará jorrar mel e leite das ruas. Mas a extrema-direita e a elite dirigente do país não estão muito preocupadas com mais este fracasso. Já têm até sucessor para o “Mito”: pode ser Sérgio Meneguelli, prefeito de Colatina no interior do Espírito Santo. Eleito pelo MDB, Meneguelli é seguido nas redes sociais por mais de um milhão de fãs. Loiro, jovem, de porte atlético e falante, o político capixaba tem a receita certa para enganar os eleitores trouxas e despolitizados.

Ele será com toda a certeza o próximo “Mito” do povo brasileiro. Um povo em sua maioria burro, idiota, leso, estúpido, semianalfabeto, ignorante, senso-comum e que vive uma eterna busca de seu salvador da pátria, de seu herói, de seu “Mito”. Primeiro foi Tancredo Neves, depois Fernando Collor, depois FHC, Lula, e Bolsonaro. Agora é esse prefeito de Colatina. O que ele faz de firulas e tolices, quase todos os políticos “espertos” e “interesseiros” do país já fazem e sempre fizeram normalmente. Não é nenhuma coisa anormal ou fora de série. É obrigação de todo homem público trabalhar. Cancelou o Carnaval da cidade e investiu o dinheiro na Educação. Aplausos! Foi fotografado na fila do SUS. Alegria geral! Viram-no recentemente pintando as ruas de sua cidade. Bravo! O povão vai ao delírio achando que se trata de um homem santo.

Até em Rondônia, cuja maioria de seu eleitorado também é semianalfabeta, idiota, burra e desqualificada, já tivemos vários mitos. Um deles foi o governador Jorge Teixeira. Gaúcho de nascimento, o Teixeirão é adorado nestas terras como se fosse um verdadeiro Deus. Preposto da Ditadura Militar em terras Karipunas, sequer foi enterrado em Rondônia. Outro “Mito” do povo daqui é o ex-prefeito Chiquilito Erse. “O melhor prefeito de Porto Velho de todos os tempos” dizem muitos porto-velhenses com a boca cheia, mesmo sem ele ter deixado nenhuma obra que justificasse essa adoração toda. Até o atual prefeito Hildon Chaves causou frenesi quando disse mentirosamente que ia beijar, abraçar e acariciar a “currutela fedida”. “Porto Velho, deixa eu cuidar de você”, disse sorrindo. O resultado desse carinho todo é uma administração triste, falida e pífia.

Mesmo sem saber como esse prefeito usa os recursos públicos em sua cidade, já fazem propaganda para o mesmo. Quanto se arrecada de impostos em Colatina? Quanto se gasta? Em que se gasta? Como se gasta? Ele é um bom gestor mesmo ou apenas usa essas “MACAQUICES” para ludibriar o povão abestado? Por que é o melhor prefeito? Concorreu com quem? Quais os pré-requisitos para ser de fato o melhor prefeito do país? Nada disso interessa. Ele é candidato a próximo “MITO” e pronto. “Acreditamos nele e votaremos nele”, afirmam muitos eleitores otários. As redes sociais e o Facebook não falam de outra coisa. Professores, intelectuais, e cidadãos comuns vão ao orgasmo quando veem postagens sobre ele. E a extrema-direita festeja, claro, mais esse “gosto” popular: já tem um substituto “à altura” para concorrer à Presidência do país em futuras eleições caso o atual “Mito” fracasse mesmo. E assim, o Brasil já fracassou de novo!

*É Professor em Porto Velho

Sobre o autor

Jornalista, editor de Painel Político, consultoria em comunicação
Notícias relacionadas
Sem categoria

Senador demite namorada, mas ela é recontratada (e com aumento)

Sem categoria

Auditorias revelam que Guedes pagou R$ 385 milhões a mais sem fundamentação técnica por aquisição de empresas

Sem categoria

Assista AO VIVO as explicações do Ministro da Educação sobre os bloqueios de verba

Sem categoria

Deputado quer informações detalhadas sobre contratos de aeronaves para transporte oficial

Inscreva-se na nossa Newsletter e
fique informado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Vale a pena ler...
Zezinho, traz o Maria Fumaça de volta, a economia de Porto Velho precisa