Regional

Mulher que apanhar do marido ganhará emprego, prevê projeto de Jaqueline Cassol

Deputada quer criar cotas em empresas que atendem órgãos públicos

Os chamados “mais antigos” diziam que “de boas intenções o inferno está cheio”, e parece esse ter sido o caso do projeto de lei apresentado pela deputada federal Jaqueline Cassol (PP-RO). Ela apresentou proposta que prevê a destinação de cotas para mulheres que sofrerem violência doméstica.

Deputada federal Jaqueline Cassol

A idéia é empregar essas vítimas em empresas que prestam serviços à órgãos públicos. Até 10% das vagas seriam destinadas para as mulheres agredidas.

Nas redes sociais, a proposta vem sendo duramente criticada.

Esse é o primeiro projeto de lei de autoria da deputada federal Jaqueline Cassol. O PL 2372/2019 foi protocolado na Câmara dos Deputados na última terça-feira (16) e aguarda deliberação do presidente Rodrigo Maia.

Veja algumas falas sobre o projeto da parlamentar:

Sobre o autor

Jornalista, editor de Painel Político, consultoria em comunicação
Notícias relacionadas
Regional

SEJUS quer exonerar todos os Agentes Penitenciários que buscaram diálogo no CPA

Regional

PAINEL POLITICO lança podcast com as principais notícias da semana

Regional

Marcos Rocha poderia vincular dívida do Beron a apoio a reforma da Previdência

Regional

Na Comissão de Educação, Confúcio faz três perguntas e obtém nenhuma resposta

Inscreva-se na nossa Newsletter e
fique informado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *