Connect with us

Brasil

MP investiga conduta do governo Bolsonaro sobre vazamento de óleo no Nordeste

Publicada

em

Compartilhe

De acordo com subprocurador-geral da república, posicionamento do governo mediante a tragédia foi “desorientado e inerte”

O Ministério Público junto ao Tribunal de Contas da União pediu abertura de uma investigação para apurar a conduta do governo de Jair Bolsonaro (PSL) no episódio de vazamento de óleo no litoral do Nordeste, segundo a revista a Fórum . 

O subprocurador-geral, responsável pela representação, alega que o governo Bolsonaro permaneceu “desorientado ou inerte” a tragédia de vazamento de óleo . A representação leva a assinatura do subprocurador-geral Lucas Rocha Furtado e foi encaminhada ao presidente da corte, ministro José Mucio Monteiro, na última quinta (24).

Foto: Felipe Brasil/Instituto do Meio Ambiente de Alagoas
Vazamento de petróleo em Alagoas: mancha de óleo gigante aparece em Jarapatinga

Ainda segundo o magazine, no documento, Furtado contesta a ação de órgãos federais para conter o vazamento e minimizar os danos ambientais. Segundo ele, “o que se tem visto de parte das autoridades federais é que, aparentemente, quedaram desorientadas ou inertes”.

O subprocurador ainda quer que se apurem prováveis falhas na regulação e fiscalização de atividades de exploração, transporte, comercialização e armazenamento de petróleo, que resultaram no vazamento de óleo . 

Continue lendo
Anúncios
Comentários