Connect with us

Brasil

Moro virou este personagem que o Bolsonaro leva para ver o jogo do Flamengo, diz Mendes no Bial

Publicada

em

Compartilhe

Questionado pelo apresentador se há lugar para Moro no STF, ele disse que não caberia a ele decidir

Durante o programa Conversa com Bial desta segunda-feira (14), o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes, afirmou que “antes o Bolsonaro precisava dele (Sérgio Moro), agora ele precisa do Bolsonaro”.

Gilmar disse ainda que “o Moro chegou quase como um primeiro ministro. Depois virou esse personagem que o Bolsonaro leva para o Jogo do Flamengo”.

Entre os assuntos abordados na entrevista estão seu destaque nas redes sociais, o julgamento do ex-presidente Lula, sua fama de “soltador geral da República” e o ministro Sérgio Moro.

Questionado pelo apresentador se há lugar para Moro no STF, ele disse que não caberia a ele decidir.

Mendes falou também sobre o uso da prova ilícita, no caso as conversas divulgadas pelo The Intercept Brasil. O ministro afirmou que, inequivocamente, a prova ilícita não pode ser usada para condenar ninguém. O debate se dará, segundo ele, se ela pode ser usada para exonerar alguém de responsabilidade. “Diz-se hoje na doutrina que sim”, afirmou.

No texto de abertura, Pedro Bial define o convidado como um dos protagonistas dos principais lances de nossa história nos últimos 20 anos.

Da Fórum

Continue lendo
Anúncios
Comentários