Brasil

Moro deve informar a Bolsonaro que a PF não encontrou prova de que facada teve mandante

Ministro vai apresentar resultados de investigação contra Adélio Bispo, autor da facada em Bolsonaro durante a campanha presidencial

Numa reunião no início da noite desta segunda-feira, o ministro da Justiça, Sergio Moro , apresentará ao presidenteJair Bolsonaro o resultado do segundo inquérito aberto pela Polícia Federal sobre o atentado cometido contra ele por Adélio Bispo Oliveira. Segundo autoridades envolvidas no caso, até o momento a PF não encontrou provas de envolvimento no atentado a Bolsonaro. Adélio Bispo esfaqueou o então candidato à presidência da República em 6 de setembro do ano passado, em Juiz de Fora.

Fotos mostram Adélio próximo de Bolsonaro, antes de dar a facada Foto: Reprodução

Moro fará o relato ao presidente sobre o caso numa reunião que terá também a participação do diretor-geral da Polícia Federal, Maurício Valeixo, e com delegados que atuaram diretamente no caso. Numa entrevista, na saída de um seminário no Superior Tribunal de Justiça (STJ), Moro disse que o inquérito ainda não terminou.

Explicou ainda que fará o relato a Bolsonaro porque o presidente foi vítima do atentado. O caso deve ser formalmente encerrado no próximo mês. Mas, segundo uma autoridade, só faltaria a conclusão de alguns detalhes técnicos, que dificilmente terá impacto no desfecho do inquérito.

— É uma investigação ainda em andamento. Presidente é a vítima. Então, é interessado na investigação. Vai ser apresentado a ele o resultado da investigação até o momento — afirmou Moro.

O Globo

Sobre o autor

Jornalista, editor de Painel Político, consultoria em comunicação
Notícias relacionadas
Brasil

Bolsonaro veta bagagem gratuita em voos domésticos

Brasil

Alcolumbre manifesta indignação com ameaças a senadores por "decreto das armas"

Brasil

De olho no governo em 2022, Marcos Rogério "cola" em Sérgio Moro

Brasil

Guedes teria brigado para manter Levy à frente do BNDES

Inscreva-se na nossa Newsletter e
fique informado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *