Sem categoria

Michel Temer é solto da sede da PF no Rio

Temer permaneceu preso por quatro noites em uma sala da corregedoria, no terceiro andar do prédio da Superintendência da PF no Rio

O ex-presidente Michel Temer deixou, na noite desta segunda-feira (25), a superintendência da Polícia Federal no Rio de Janeiro, local onde estava preso desde a última quinta-feira (21). A decisão da Justiça foi assinada pelo desembargador Antonio Ivan Athié, do Tribunal Regional Federal da 2ª Região.

Temer pouco antes de deixar a sede da PF — Foto: Ricardo Moraes/Reuters

Temer permaneceu preso por quatro noites em uma sala da corregedoria, no terceiro andar do prédio da PF. O local, com cerca de 20 m², é uma das poucas salas no edifício com banheiro privativo. O espaço tinha também frigobar e ar-condicionado, além da previsão da instalação de uma TV.

Após fazer exame de corpo de delito, Temer saiu da superintendência por volta das 18h40. Alguns manifestantes estavam no local e protestaram.

A prisão de Michel Temer aconteceu em São Paulo e logo depois o ex-presidente foi transferido para o Rio.

A decisão da Justiça solta oito presos na Operação Descontaminação, da Força-Tarefa da Lava Jato. Além do ex-presidente, vão ser libertados Moreira Franco, ex-ministro e ex-governador do Rio de Janeiro; João Baptista Lima Filho, o Coronel Lima, apontado como operador financeiro do suposto esquema criminoso comandado por Temer; e outros cinco alvos da operação.

Sobre o autor

Jornalista, editor de Painel Político, consultoria em comunicação
Notícias relacionadas
Sem categoria

Incêndio destrói parte da catedral de Notre-Dame em Paris

Sem categoria

URGENTE: Operação da PF mira Distribuidora Coimbra

Sem categoria

Escolhido por Bolsonaro, novo líder do governo no Senado é alvo de cinco inquéritos

Sem categoria

Lula fica em Curitiba até STF decidir sobre pena após 2º grau

Inscreva-se na nossa Newsletter e
fique informado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Vale a pena ler...
Deputado Edson Martins destina R$ 280 mil para construção de uma praça em Ji-Paraná