Município não tem a atenção que deveria por parte do Executivo, diz parlamentar

O deputado Jean Oliveira (MDB), parabenizou o município de Guajará Mirim pelos seus 90 anos, comemorado nesta quarta-feira, dia 10 de abril. Antes da fundação do Território Federal do Guaporé, a área do município Guajará Mirim era pertencente ao Estado de Mato Grosso. Em 13 de setembro de 1943, pelo Decreto-Lei 5 812, o município de Guajará-Mirim passou a fazer parte integrante do Território Federal do Guaporé.

Na ocasião, Jean Oliveira observa que a cidade de Guajará Mirim, o município no todo, não tem a atenção que deveria ter por parte do Executivo Estadual, inclusive, pela sua importância histórica para o estado de Rondônia.

Guajará mantém sua característica, suas tradições quase intocáveis, coisa rara no estado de Rondônia, onde as cidades antigas perderam quase todas suas características amazônicas devido o processo migratório.

Guajará-Mirim recebeu o título de “Cidade Verde”, outorgado pelo Instituto Ambiental Biosfera, em razão de seu mosaico de áreas protegidas, que fazem, da cidade, um dos maiores municípios brasileiros em termos de áreas preservadas.

“92,70% da área total do município é formada por Unidades de Conservação e Terras Indígenas – 22.986,48 Km2. Entendo e defendo que por esse trabalho e missão de preservação da natureza, o munícipio deveria receber benefícios e incentivos específicos federais e estaduais”, disse o deputado.

“Mando meu abraço à população guajaramirense, colocando-me a disposição para ajudar, apoiar e encampar toda proposta que venha contribuir para o desenvolvimento e melhoria de Guajará Mirim”, disse Jean Oliveira.

História

“Em 26 de junho de 1922, através da Resolução 879, o presidente da Província de Mato Grosso transformou a povoação de Espiridião Marques em distrito de paz do município de Santo Antônio do Rio Madeira. Quatro anos mais tarde, em 12 de julho de 1926, a povoação foi elevada à categoria de cidade, por ato assinado também pelo então presidente da Província de Mato Grosso, Mário Correa da Costa”.

“Em 12 de julho de 1928, pela Lei 991, o distrito foi elevado à categoria de município e comarca com área desmembrada do município de Santo Antônio do Rio Madeira, tomando o nome de Guajará-Mirim, já usualmente designado pela população. O município foi oficialmente instalado em 10 de abril de 1929”.

Fonte: Decom
Foto: José Hilde

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *