Connect with us

Legislativo RO

Jair Montes pede sensibilidade do Governo para revisar salário dos servidores

Publicada

em

Parlamentar alerta que poder de compra dos trabalhadores caiu nos últimos anos

O deputado estadual Jair Montes (PTC) usou a tribuna da Assembleia Legislativa para agradecer o apoio da Mesa Diretora na sua participação do Fórum Internacional do Legislativo, no estado do Tennessee, nos Estados Unidos, acompanhado do deputado Marcelo Cruz (PTB). “Como parlamentar tive orgulho de cada momento na qual participei do congresso. Muitos me perguntam se não tenho medo de apanhar. Apanhar por quê? Quando entramos na vida pública, temos que ter a coragem para mudar a realidade do nosso Estado e da realidade da população que nos elegeu”, disse.

No evento, Jair destacou a participação de especialistas na discussão das fake news. “Não é só um caso de Rondônia, do Brasil, mas atinge o mundo inteiro.

Infelizmente, o ser humano cria mecanismos para destruir o próprio ser humano. Fazem ferramentas para beneficiar o ser humano, acabam denegrindo imagens e reputações e os mais atingidos são os políticos. Não é o Judiciário, não é o Tribunal de Contas, nem o médico, mas é o político o mais atingido”, acrescentou.

Jair também falou sobre o café da manhã nesta terça-feira com o governador Marcos Rocha (PSL). Parabenizou o diálogo para melhorar o Estado de Rondônia e explicou que há pautas urgentes a serem tratadas pelo Executivo como a compra de maquinário para atender o DER e recolocar a Saúde nos trilhos. O parlamentar também cobrou apoio ao servidor público que há oito anos, segundo ele, não tem realinhamento salarial. Citou o caso dos agentes penitenciários que iniciaram a operação padrão. “Daqui a pouco fica mais caro porque a PM pode voltar aos presídios”, alertou o deputado.

O parlamentar lembrou que o poder de compra foi perdido pelos trabalhadores.

O arroz que custava R$ 9,00 hoje pulou para R$ 13,00; a carne que custava R$15,00 hoje é R$ 20,00. Jair diz que sabe dos preços porque faz mercado e defende que o Governo veja com carinho a questão dos servidores.

Fonte: Decom
Fotos: José Hilde

Continue lendo
Anúncios
Comentários