Legislativo RO

Jair Montes pede acordo para acabar com intervenção nos presídios

Parlamentar destaca déficit de quase 8 mil policiais militares no Estado
 
Em pronunciamento na sessão ordinária realizada nesta terça-feira (26), o deputado Jair Montes (PTB) demonstrou preocupação com o efetivo da Polícia Militar e com a greve dos agentes penitenciários. “Dificilmente, vejo uma viatura da polícia nas ruas de Porto Velho. Desde a época do ex-governador Jerônimo Santana, não vejo um chefe de estado dando a devida importância para a polícia militar que faz esse trabalho ostensivo”, recorda Jair.
 
Segundo o parlamentar, o atual efetivo da PM está com um déficit de quase 8 mil, muitos se aposentaram, outros foram para transpostos e os outros foram trazidos do interior para cuidar dos presídios. “O que se paga de hora extra hoje com policial militar, para que o preso tenha visita, que é um direito, poderia está sendo conversando com os agentes com o Governo do Estado. Precisamos encontrar um acordo para acabar com essas intervenções nos presídios, pois o grande prejudicado disto tudo será a população de Rondônia, que quando precisar de uma viatura, terá que esperar umas três horas para conseguir”, aponta Jair.
 
Montes afirmou que a Assembleia precisa assumir essa responsabilidade, pois hoje essa situação atinge os agentes penitenciários, mas amanhã pode ser os policiais militares, os civis, os médicos, ou qualquer outro servidor público. “Eu ainda não vi um plano de ação por parte do novo governador de Rondônia, Marcos Rocha (PSL) e nós temos uma Assembleia qualificada, com deputados experientes e por isso precisamos ajudar o governador, pois quanto pior para o governo, pior para nós também, pior para servidor, pior para a população”, diz o deputado. 
 
Contribuições 
 
Em aparte, o deputado Dr. Neidson (PMN), informou que recebeu informações que o policiais não estão recebendo adicional algum para executar serviços extras nos presídios. “Gostaria de solicitar a averiguação dessa informação o mais rápido possível”, concluiu.

Adelino Follador (DEM) recordou também, que graças ao empenho da legislatura anterior, que abriu mão de parte do orçamento, 300 policiais estão na academia, e que conforme acordo com Estado eles seriam convocados a medida que os antigos iriam se aposentando. “Precisamos pensar em um novo concurso, pois logo faltaram policiais militares e civis nas ruas”, aponta.
 
De acordo com o deputado Cirone Deiró (PODEMOS) foi sugerido ao Secretário de Segurança Pública do Estado de Rondônia, a contratação de agentes administrativos para execução de ocorrências, enquanto os policiais estariam na rua fazendo investigações.

Valores abusivos 
 
Jair Montes apontou também, que a Assembleia precisa fiscalizar as taxas cobradas pelo Departamento Estadual de Trânsito de Rondônia (Detran-RO), pois considera os valores abusivos. “Eu concordo com a blitz da Lei Seca, mas hoje em dia não existe mais outro tipo de blitz.  Não tem blitz educativa, só vemos o Detran-RO arrecadando. Com 500 cargos comissionados, não vemos ele fazer qualquer investimento em prol da população”, afirmou Jair.  

De acordo com o presidente Laerte Gomes (PSDB), um levantamento já está sendo realizado referente a todas as taxas e impostos que o Detran-RO cobra dos rondonienses, bem como a realização de um comparativo com os demais estados da região Norte, fora a questão das diárias e dos contratos. “Vamos apurar com muita sabedoria, pois a nossa constituição é muita clara, nenhum órgão pode cobrar taxas para enriquecimento, e pelo que estamos vendo o Detran está fazendo isto. Então vamos verificar e analisar todas os dados com muita responsabilidade e cautela”, finalizou Laerte.

 
Foto: José Hilde

Notícias relacionadas
Legislativo RO

Tubos armco adquiridos via emenda do presidente Laerte Gomes são instalados na Linha C 10 em Cacaulândia

Legislativo RO

Jair Montes quer concessão de convênios do FITHA para municípios

Legislativo RO

Cássia Muleta participa de Dia de Campo em Tarilândia

Legislativo RO

Cássia Muleta destina R$100 mil para reforma da Delegacia de Jaru para atender mulheres

Inscreva-se na nossa Newsletter e
fique informado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *