Connect with us

Brasil

Governo faz coletiva sobre manchas de óleo no Nordeste

Publicada

em

Compartilhe

Representantes do governo federal participaram hoje (25) a tarde de uma coletiva de imprensa na Capitania dos Portos de Pernambuco sobre as ações nas áreas afetadas pelo vazamento de óleo no litoral da região Nordeste.

Participaram o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, o comandante de Operações Navais, Almirante de Esquadra Leonardo Puntel, o presidente do Ibama, Eduardo Bim, entre outras autoridades. Na coletiva, as autoridades falaram sobre as investigações da origem do material, as áreas atingidas e as ações para limpeza das praias.

O comandante Leonardo Puntel declarou que as investigações sobre a origem do óleo continuam, ainda sem identificar o responsável. “Existe inquérito de poluição na Marinha. Estas investigações estão sendo realizadas com seriedade. Todas as possibilidades do causador deste acidentes estão sendo investigadas”, pontuou.

O ministro do Turismo, Marcelo Antônio, afirmou que o momento é de somar esforços entre governo federal, estados, municípios, cidadãos e empresários para “vencer este momento por que passam as praias do Nordeste”. O titular do ministério destacou que 10% das praias da região foram atingidas, com o restante mantendo a condição adequada para o banho. A observação foi feita pelo ministro após ele ser questionado sobre o impacto das manchas para o turismo do Nordeste. “Há praias limpas com total condição de receber os turistas e banhistas e é isso que queremos mostrar com responsabilidade”, ressaltou.

O ministro do Marcelo Álvador Antônio anunciou hoje que R$ 200 milhões em linhas de crédito do Fundo Geral do Turismo (Fungetur) vão ser liberados para as regiões do litoral nordestino atingidas por vazamento de óleo. O Ministério do Turismo informou que o edital para credenciar novos agentes financeiros, especialmente para atendimento à região afetada, será publicado nos próximos dias. Atualmente, o Fungetur tem R$ 156 milhões em 113 operações contratadas.

Entre outras ações, A Defesa Civil e o Ministério da Saúde publicaram hoje também uma cartilha com recomendações para os voluntários que atuam na limpeza das praias afetadas pelo derramamento de petróleo no litoral do Nordeste. Também foram distribuídos equipamentos de proteção individual para a população da região.

Coletiva do governo federal sobre ações nas áreas afetadas pelo vazamento de óleo

Acompanhe a coletiva com Marinha do Brasil, IBAMA, Marcelo Álvaro Antônio.

Geplaatst door Agência Brasil op Vrijdag 25 oktober 2019

Continue lendo
Anúncios
Comentários