Connect with us

Brasil

Dois senadores retiram assinatura da CPI do Judiciário, que perde força e pode ser arquivada

Publicada

em

Compartilhe

A ofensiva parlamentar contra membros do Judiciário perdeu fôlego nesta segunda, 11, com a retirada de duas assinaturas da proposta de criação da comissão parlamentar de inquérito (CPI), no Senado, contra o ativismo judicial dos tribunais superiores: as dos senadores Tasso Jereissati (PSDB-CE) e Katia Abreu (PDT-TO).

Autor da iniciativa, o senador Delegado Alessandro Vieira (foto) terá de correr para obter as assinaturas faltantes. Caso isso não ocorra, a Mesa Diretora pode fazer a leitura e decretar que, sem os 27 apoios necessários, o pedido está arquivado, informa o Broadcast Político do Estadão.

Continue lendo
Anúncios
Comentários