Regional

Deputado Jair Montes faz grave denúncia envolvendo diretora-adjunta do Detran com base em revelação de PAINEL POLÍTICO

Parlamentar afirma que empresas colocadas em nome de familiares da adjunta terão contrato com a autarquia

O deputado Jair Montes (PTC), na sessão desta terça-feira (23), fez graves denúncias contra a diretora adjunta do Detran rondoniense. Ele disse ser inadmissível que a diretora Benedita Aparecida Oliveira, proprietária de autoescola e de outros empreendimentos, repasse firmas para o nome de familiares para que contratos possam ser assinados entre as empresas e a autarquia.

Esta semana, a coluna PAINEL POLÍTICO editada pelo jornalista Alan Alex, revelou que a diretora-adjunta integra quadros societários de auto-escolas, centro de formação de condutores e até de associação de centro de formação. Para assumir o cargo ela transferiu as empresas para nomes de familiares.

“Fiquei muito feliz em ver o projeto que acaba com os jetons e decidi apoiar a iniciativa, porque o Detran já gasta muito com diárias”, acrescentou o parlamentar. Ele também criticou a atitude dos diretores da autarquia, que promovem blitz da Lei Seca em todo o Estado, mas deixam de lado a parte educativa.

Diretora adjunta do Detran é quase um monopólio em empresas que mantém contratos com o órgão em Rondônia

Jair Montes lembrou que no Detran o desperdício de dinheiro é tanto que tudo é terceirizado, e mesmo assim sobram recursos, devido à alta arrecadação. Ele disse ter sido informado que o sindicato dos servidores do órgão vem à Assembleia Legislativa pressionar os deputados, durante a sabatina da diretora adjunta.

O presidente da Casa de Leis, Laerte Gomes (PSDB) afirmou que baixar em 8% as taxas do Detran é uma vergonha, e assegurou que sobra dinheiro na autarquia.

“Teve servidor que de uma tacada só levou R$ 7 mil em diárias. Não adianta pressão de sindicato, pois vamos cumprir nosso papel”, afirmou Laerte.

Esta semana, PAINEL POLÍTICO também mostrou que o Detran de Rondônia cobra as taxas mais altas entre os Detrans do norte do país. E que o órgão gastou mais de R$ 15 milhões em diárias para servidores em apenas quatro anos.

O líder do governo, Eyder Brasil (PSL), disse que o Legislativo não será pressionado por sindicatos e que todos os presidentes e diretores de autarquias serão exonerados pelo governador e sabatinados pela Assembleia. “A ideia do governador é cumprir a Lei. Os aprovados voltarão a exercer os cargos”, complementou.

O deputado Ismael Crispin (PSB) disse que a sabatina, em se tratando do Detran, tem incomodado muito. Segundo ele, é passada a impressão de que a Assembleia é que está interessada nisso.

“Isso não é verdade. Vamos cumprir a lei. Se antes não foi cumprida, é outra história. Se alguém tem o rabo preso, que respeite essa Casa”, acrescentou Ismael Crispin.

Sobre o autor

Jornalista, editor de Painel Político, consultoria em comunicação
Notícias relacionadas
Regional

SEJUS quer exonerar todos os Agentes Penitenciários que buscaram diálogo no CPA

Regional

PAINEL POLITICO lança podcast com as principais notícias da semana

Regional

Marcos Rocha poderia vincular dívida do Beron a apoio a reforma da Previdência

Regional

Na Comissão de Educação, Confúcio faz três perguntas e obtém nenhuma resposta

Inscreva-se na nossa Newsletter e
fique informado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Vale a pena ler...
[Coluna] – Abrimos a caixa-preta do Detran de Rondônia. E sem dúvida, é o mais caro do Norte