URGENTE: Jornalista Ricardo Boechat morre em acidente com helicóptero

Coluna Painel Político

[COLUNA] – Se anúncio de Júnior Gonçalves for verdadeiro, as emissoras de rádio e TV vão fechar as portas

Gestor dos gastos públicos anunciou que pretende cortar gastos com publicidade oficial e economizar recursos públicos. Governo também avalia usar presos para fazer manutenção de prédios públicos

Está na hora de mudar

Em 2015, logo após o desastre de Mariana, alertei em uma coluna que os responsáveis sairiam impunes. E foi o que aconteceu. O Ministério Público de Minas Gerais, em uma manobra altamente suspeita, transferiu os promotores que investigavam o caso e até hoje ninguém foi preso, consideraram “um desastre ambiental”. Os desabrigados de Mariana agora irão de unir as famílias vítimas de um novo “desastre”, o de Brumadinho. O problema é que não foram “um desastre” e sim crimes gravíssimos onde a conta feita é simples, melhor deixar a coisa se arrastar na justiça que investir em novas tecnologias. Esse modelo precisa ser revisto com urgência. Da mesma forma que o governo federal teve pressa em ampliar a compra de armas, deveria ter para alterar a legislação e mandar prender os executivos.

Vou além

Onde anda o tal Sérgio Moro que andou pregando o combate à corrupção, que ainda não se mobilizou no sentido de apontar os responsáveis e puni-los exemplarmente? Se o discurso de “Deus, Pátria e Família” estivesse sendo levado a sério, os executivos da Vale, tanto no Brasil quanto no exterior já teriam sido identificados. Sou capaz de apostar que relatórios internos da empresa devem indicar o perigo de desmoronamentos. Uma busca e apreensão de documentos deveria ter sido feita no mesmo dia. Se um episódio dessa natureza ocorre nos Estados Unidos, por exemplo, ia faltar cadeia. Por aqui, a empresa resolveu “doar” R$ 100 mil para as famílias das vítimas como se isso resolvesse alguma coisa. Sequer ameniza a dor dessas pessoas.

Por aqui

Com a proximidade da eleição da Mesa Diretora da Assembleia e o impasse do governo com os agentes penitenciários e a possível reação contrária dos deputados, começam a circular notícias falsas, ataques difamatórios e outras táticas da esgotosfera. Impressiona o baixo nível de algumas publicações. E quando vejo penso que, se PAINEL POLÍTICO publicasse um terço do que aparece nestes textos, estaríamos em maus lençois por aqui. Deve ser por essa régua que a turma tenta medir toda a imprensa de Rondônia.

Presos no burocrático

O governo de Marcos Rocha (PSL) avalia usar mão de obra de apenados para que eles executem serviços de manutenção em prédios do executivo. A proposta é “reduzir alguns contratos de manutenção e garantir a ressocialização e economia”, disse o superintendente de Gestão de Gastos Públicos, Júnior Gonçalves. A idéia é interessante, mas seria mais inteligente investir em uma cozinha no sistema e a implantação de hortas na colônia agrícola. Isso gera economia de fato, e ajuda na ressocialização.

Quero ver cortar

O governo também anunciou que vai cortar os gastos com publicidade em rádios, TVs e sites. Particularmente acho a proposta boa, mas quero ver fazer isso. Ao menos as emissoras de rádio e TV vão fechar as portas, afinal elas são as maiores dependentes da tal “verba oficial”. Os custos de manutenção e folha de pagamento são altos e o mercado varejista optou por anúncios em redes sociais. É mais barato e o retorno é certo.

Por enquanto

Tudo que o governo fez foram anúncios. De concreto mesmo, só a greve dos agentes penitenciários e a convocação dos militares da reserva para cuidar dos presídios, o que representa um gasto bem acima do PCCS dos agentes. A lei estabelece que os reservistas recebam 80% do salário que eles se aposentaram. É bom lembrar que a maior parte dos reservistas são oficiais. O dinheiro que paga a contratação de um reservista, pagaria gratificação para pelo menos três agentes. E o tal “emergencial” de “seis meses” sempre se prolonga. A conferir.

Crise no transporte público

No fim de semana, o sindicato dos motoristas e cobradores decidiu pela demissão em massa de cerca de 750 trabalhadores, o que deixou a cidade jogada no caos. O consórcio responsável pelo transporte público diz que não tem dinheiro sequer para abastecer os ônibus, a prefeitura não consegue combater nem vendedor ambulante, dirá o transporte alternativo. Uma licitação está a caminho, mas a novela todos conhecemos. Resta saber quem serão os novos personagens.

Dormir mal está relacionado com sinais precoces de Alzheimer

Os resultados de um estudo longitudinal observacional mostram que a má qualidade do sono na terceira idade está associada a sinais precoces da doença de Alzheimer (DA). Os pesquisadores encontraram depósitos maiores de β-amiloide e acúmulo de proteína tau no cérebro – ambos característicos da doença de Alzheimer – nos idosos com diminuição do estágio do sono de ondas lentas com movimento não rápido dos olhos (NREM, do inglês Non-Rapid Eye Movement). “O interessante é termos observado uma relação inversa entre a diminuição do sono de ondas lentas e o aumento da quantidade de proteína tau em pessoas cognitivamente normais ou com disfunção muito leve. Isto significa que a redução da atividade das ondas lentas pode ser um marcador da transição entre a normalidade e a disfunção”, segundo um comunicado à imprensa do pesquisador responsável Dr. Brendan P. Lucey, médico e diretor do setor de medicina do sono e professor assistente de neurologia na Washington University School of Medicine, em St. Louis, Missouri. “Em primeiro lugar, os distúrbios do sono podem aumentar o risco da doença de Alzheimer. Em segundo lugar, as mudanças na atividade de sono-vigília podem acontecer pela doença de Alzheimer – e nossa pesquisa se concentrou primariamente neste aspecto da relação. “Se as alterações do sono são um marcador de modificações cerebrais do Alzheimer, então isto seria muito útil para futuros ensaios clínicos e possivelmente para o rastreamento clínico”, acrescentou o pesquisador. O estudo foi publicado on-line no dia 09 de janeiro no periódico Science Translational Medicine.

Sobre o autor

Jornalista, editor de Painel Político, consultoria em comunicação
Notícias relacionadas
Coluna Painel Político

[COLUNA] - Confúcio Moura acordou de um coma de oito anos e agora sabe tudo de tudo

Coluna Painel Político

[COLUNA] - Alô Marcos Rocha e bancada: nova rota para soja pode estagnar de vez a economia em RO

Coluna Painel Político

[COLUNA] - Prefeitura de Porto Velho quer gastar R$ 14 milhões em palco, som e tendas para festas

Coluna Painel Político

[COLUNA] - Em abril, energia elétrica em RO deverá aumentar entre 5 a 7% devido ao reajuste tarifário anual

Inscreva-se na nossa Newsletter e
fique informado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Vale a pena ler...
Sérgio Moro virou um “soldado raso” do bolsonarismo, mostra articulista