Coluna Painel Político

[Coluna] -Agevisa e Polícia Civil estão enquadrando os “influenciadores digitais” que vendem medicamentos na internet em Rondônia

Produtos são comercializados livremente em Instagram e Facebook, recomendado por pessoas que não sabem o que estão vendendo

Privilégios…

Lembram da Isis Queiroz? Atualmente ela está trabalhando no gabinete de Confúcio Moura no Senado. O marido dela, servidor efetivo da Emater, está cedido para a representação de Rondônia em Brasília. A pergunta é, o que um técnico agrícola faz na Sibra?

Enquanto isso

Cerca de mil alunos da zona rural de Porto Velho seguem sem poder assistir aulas por falta de transporte escolar. Eu queria saber o que impede a prefeitura de pedir ajuda para a Marinha, a Polícia Militar Ambiental e até o Exército para resolver a questão enquanto não é feita a licitação/contratação de empresas do ramo. É justo centenas de crianças perderem aula por pura incompetência do município em socorrer-se em outras instituições?

Detalhamentos

O deputado estadual Jair Monte (PTC) solicitou à Secretaria de Ação Social um detalhamento sobre as moradias populares em Rondônia entre 2011 a 2019. E o deputado tem razão. O ex-governador Confúcio Moura alardeava estar entregando casas e apartamentos populares, mas nunca prestou contas do quantitativo, tampouco quem são os ocupantes desses imóveis. Não é de agora que circulam notícias sobre possíveis ocupações por pessoas que não precisam.

Saúde pública

A Agevisa e a Polícia Civil de Rondônia estão intimando os tais “digital influencers” e afins a comparecerem na delegacia para serem informados sobre a proibição de fazer propaganda, venda e distribuição de medicamentos e garrafadas para emagrecer que não tenham registro na Anvisa. Nesta quarta-feira devem comparecer mais cinco desses “instagrammers/youtubers”. Na polícia, eles precisam assinar um termo se comprometendo a cumprir a determinação.

Tem que fiscalizar mesmo

Esse tipo de controle precisa mesmo ser feito. Atualmente as timelines são invadidas por pessoas, que não possuem nenhum tipo de conhecimento técnico que avalizam produtos e dietas altamente duvidosos. Influenciam jovens, crianças e adultos que depois adoecem e não associam o motivo a essas misturebas/dietas loucas.

Sei não, só sei que foi assim

Jair Bolsonaro visitou nesta terça-feira o Museu do Holocausto, em Israel onde está escrito em letras garrafais que o Nazismo era um movimento de direita. Em 1923 o próprio Adolf Hitler, em entrevista ao jornal inglês The Guardian respondeu ao repórter George Sylvester Viereck que perguntou: “Por que você se define como um nacional-socialista se o programa de seu partido é a própria antítese do que é comumente associado ao socialismo?”. “Socialismo”, Hitler responde belicosamente, baixando sua xícara de chá, “é a ciência de lidar com o bem comum. Comunismo não é o socialismo. Marxismo não é socialismo. Os marxistas roubaram o termo e confundiram seu significado. Eu retirarei o socialismo dos socialistas. O socialismo é uma instituição alemã, do arianismo antigo. Nossos ancestrais alemães possuíam certas terras em comum. Cultivavam a ideia do bem comum. O marxismo não tem o direito de se disfarçar de socialismo. O socialismo, ao contrário do marxismo, não repudia a propriedade privada. Ao contrário do marxismo, não envolve a negação da personalidade; em vez de marxista, ele é patriótico. Nós poderíamos nos chamar Partido Liberal.” Sabe o que Bolsonaro fez? Em discurso disse que “o nazismo é de esquerda”.

Amarelou

Já o filhote valentão, Flávio Bolsonaro, em um arroubo, postou no Twitter a capa da revista Exame onde aparece um integrante do Hamas, e acrescentou, “quero que vocês se EXPLODAM”. A tuitada, claro, repercutiu e ele, assustado em se tornar uma vítima de um carro bomba, apagou a postagem. Será que ele explodiu o Queiroz também?

Depois da bravata, a amarelada…

Tô nem ai

Jair Bolsonaro não quer saber da reforma da previdência. Ele sempre votou contra. Chegou a gravar vídeos quando era deputado criticando as mudanças. Se ela não passar agora, ele vai culpar o Congresso Nacional, vai dizer que os deputados são venais, querem cargos e dinheiro.

Os riscos da moda de injetar vitaminas diretamente nas veias

a tendência de injeções intravenosas de vitaminas apresenta muitos riscos. A prática é muito popular na Ásia, onde injeções são oferecidas até em salões de beleza. Mas também já chegou ao Brasil, aos Estados Unidos e à Europa. Quem faz propaganda da injeção de vitamina diretamente nas veias afirma que a prática aumenta a energia, fortalece o sistema imunológico, melhora a pele, cura ressaca, queima gordura, evita o jat lag e cura uma miríade de outros problemas. Embora vitaminas sejam necessárias ao corpo, não há nenhuma base científica de que sua injeção direta traga esses benefícios. Os tratamentos do tipo podem ser bem caros. Em uma clínica de Londres, eles custam entre 100 e 3 mil euros. Celebridades como Miley Cyrus, Cara Delevigne e Chrissy Teigen aderiram à moda, postando nas redes sociais fotos de si mesmas ligadas a bolsas de soro e vitaminas. Normalmente, um paciente que recebe qualquer tipo de injeção intravenosa precisa ter seu historico médico analisado. Infusão de vitaminas em pessoas sem necessidade médica pode potencialmente colocar o fígado e os rins sob estresse. No Reino Unido, dar esse tipo de injeção sem examinar o fígado e os rins antes é proibido pelo NICE, o instituto nacional de excelência clínica do país.

Sobre o autor

Jornalista, editor de Painel Político, consultoria em comunicação
Notícias relacionadas
Coluna Painel Político

[Coluna] - Estacionamento do Aeroporto foi licitado, e não adianta reclamar, para parar por ali, vai ter que pagar

Coluna Painel Político

[Coluna] - Fosse hoje, Hildebrando Pascoal receberia medalhas ao invés de cadeia

Coluna Painel Político

[Coluna] - Suspeita de favorecimento e apadrinhamento em ações milionárias no TJRO vai parar na Corregedoria

Coluna Painel Político

[Coluna] - Quem tem CRECI é Raupp, mas quem tem "culpa no cartório de imóveis" é Confúcio Moura

Inscreva-se na nossa Newsletter e
fique informado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Vale a pena ler...
Michel Temer, Moreira Franco e mais 12 viram réus na Lava Jato