Geopolítica

CNN no Chile diz que “todas as pistas do caso Marielle levam à Bolsonaro”

Publicação afirma que “há várias pistas que apontam para uma figura altamente conhecida: o presidente brasileiro, Jair Bolsonaro”

A imprensa internacional vem repercutindo o caso Marielle e ao menos a CNN no Chile afirma que o presidente brasileiro Jair Bolsonaro seria o principal culpado pelo crime. Reportagem publicada no último dia 15 no site da CNN Chile, aponta o mandatário brasileiro como “mandante da morte da vereadora”.

Matéria publicada na CNN chilena acusa Bolsonaro

Assim a publicação faz referência ao caso:

“Dois dias antes do primeiro aniversário, na terça-feira 12 de março de polícia brasileira capturou dois policiais militares que seriam os supostos assassinos: Ronnie Lessa, 48, que disparou 13 tiros contra o veículo, e Élcio Vieira de Queiroz, 46 , que estava dirigindo o carro em que seu parceiro estava.

Ambos faziam parte do Escritório de Crime, um grupo de homens armados ligados a um bairro milícia das Pedras Rio, no oeste do Rio de Janeiro, de acordo com investigadores do Ministério Público, o ataque foi planejado em detalhes por três meses e foi motivado pelo desempenho político do conselho, que era conhecido por confrontar e denunciar o desempenho de tais grupos paramilitares nas favelas.

A polícia assegurou que a autoria material do crime é esclarecida, mas, em contraste, não há provas para orientar quem eu mando matar. No entanto, há várias pistas que apontam para uma figura altamente conhecida: o presidente brasileiro, Jair Bolsonaro.”

CLIQUE AQUI PARA LER A REPORTAGEM NA CNN DO CHILE

A publicação elenca cinco motivos para tal afirmação precipitada – 1 – o fato do ex-PM Ronnie Lessa morar no mesmo condomínio que o presidente; 2 – o filho de Jair Bolsonaro ter namorado a filha de Lessa; 3 – a foto em que Elcio Queiroz, motorista do carro usado no assassinato da vereadora, aparece ao lado de Jair Bolsonaro; 4 – o fato do miliciano Adriano Magalhães da Nóbrega ter trabalhado no gabinete de Flávio Bolsonaro e; 5 – o fato do presidente e seus filhos terem saído em defesa de milícias e milicianos por diversas vezes, em situações distintas.

Em outra postagem, publicada nesta segunda-feira, a CNN do Chile informa que protestos contra Jair Bolsonaro estão sendo organizados no país. O presidente tem uma visita agendada ao Chile na próxima quinta-feira, 21.

Foto da capa – Foto: FABIO MOTTA/ESTADÃO

Sobre o autor

Jornalista, editor de Painel Político, consultoria em comunicação
Notícias relacionadas
Geopolítica

Trump lança campanha para a sua reeleição

Geopolítica

CCJ aprova convite para Dallagnol explicar troca de mensagens com Moro

Geopolítica

Empresas brasileiras contrataram software espanhol para impulsionar campanha de Bolsonaro em 2018

Geopolítica

Bolsonaro diz que Brasil e Argentina podem ter uma moeda em comum

Inscreva-se na nossa Newsletter e
fique informado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *