Connect with us

Regional

Chefe da Casa Civil de RO é alvo de montagens grosseiras e pede abertura de investigação

Publicada

em

Compartilhe

“Prints” de supostas conversas contém textos ofensivos a deputados estaduais

Supostos “prints” que circulam nas redes sociais, cujo teor está sendo atribuído ao chefe da Casa Civil Júnior Gonçalves, com conteúdo ofensivo a vários deputados, foram negados pelo secretário. Em comunicado postado em seu perfil no Facebook, ele afirma que “O jogo baixo e sorrateiro começou e novamente estão atacando a minha honra“.

Nas supostas conversas o deputado Jair Montes, um dos principais aliados do governo é chamado de “mulambo”,  é afirmado que deputados estariam ganhando dinheiro para ficar calados, a autoridade do presidente da Assembleia é questionada e os parlamentares são classificados como  “um bando de sanguessugas”.  

Secretário chefe da Casa Civil do Governo de Rondônia, Junior Gonçalves

As mensagens também dão a entender que estaria sendo feito algum tipo de levantamento sobre os membros do Legislativo estadual por parte do governo.

Tão logo as supostas mensagens começaram a circular nas redes sociais, Junior Gonçalves apressou-se a negar sua autoria e disse que já solicitou apuração do caso, que ganhou enorme repercussão no Estado e gerou indignação no presidente da Assembleia Legislativa de Rondônia, Laerte Gomes (PSDB).

O parlamentar cobrou esclarecimentos ao governador Marcos Rocha (PSL) e deve solicitar uma investigação aos órgãos de controle. 

Continue lendo
Anúncios
Comentários