Connect with us

Brasil

Bolsonaro recusou pedido de Moro para indicar Dallagnol à PGR

Publicada

em

Presidente não confia no coordenador da Lava Jato

O articulista Kennedy Alencar revelou em sua coluna nesta quinta-feira que Jair Bolsonaro recusou o pedido de Sérgio Moro para nomear o coordenador da força tarefa Lava Jato, Deltan Dallagnol como Procurador Geral da República.

De acordo com Kennedy, “a solicitação foi anterior as revelações da “Vaza Jata”, que mostram a corrupção do sistema judiciário e o modus operandi ilegal das ações de Deltan e Moro na força-tarefa da Lava Jato. Ambos comportaram-se como justiceiros e extrapolaram seus poderes funcionais. Isso está mais do que provado com uma série de reportagens de veículos sérios da imprensa brasileira e jornalistas profissionais que compartiharam o arquivo do “The Intercept Brasil”. Houve uma corrupção do sistema judiciário”.

E prossegue, “no começo da Vaza Jato, de junho para cá, Moro voltou à carga. Insistiu em Deltan Dallagnol e ouviu um não. Bolsonaro teme, segundo auxiliares, ser vítima de inquérito aberto por Dallagnol para tirá-lo do jogo eleitoral de 2002. Apurei essa informação em face de pergunta da jornalista Évelin Argenta. A dupla Moro-Dallagnol assuntou Bolsonaro e aliados próximos”.

LEIA O COMENTÁRIO COMPLETO

Continue lendo
Anúncios
Comentários