Brasil

Alexandre de Moraes rejeita arquivar inquérito que apura autoria de ofensas ao Supremo

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal, rejeitou nesta terça-feira (16) o arquivamento do inquérito aberto para apurar ofensas ao Supremo Tribunal Federal (STF) e a suspensão dos atos praticados no âmbito dessa investigação, como buscas e apreensões e a censura a sites, seja anulada.

Mais cedo, a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, enviou ao STF documento no qual defende o arquivamento do inquérito, aberto “de ofício”, por iniciativa do presidente do tribunal, ministro Dias Toffoli, que nomeou Alexandre de Moraes relator.

“Na presente hipótese, não se configura constitucional e legalmente lícito o pedido genérico de arquivamento da Procuradoria Geral da República, sob o argumento da titularidade da ação penal pública impedir qualquer investigação que não seja requisitada pelo Ministério Público”, afirmou o ministro. “Diante do exposto, indefiro integralmente o pedido da Procuradoria Geral da República”, complementou.

Sobre o autor

Jornalista, editor de Painel Político, consultoria em comunicação
Notícias relacionadas
Brasil

Assessor de Bolsonaro investigado pela Justiça não tem registro na Câmara

Brasil

Entidades marcam novo protesto contra cortes na Educação para o dia 30 de maio

Brasil

MP do Rio mira em cheques de Fabrício Queiroz para Primeira-Dama Michelle Bolsonaro

Brasil

MP descobriu que Flávio Bolsonaro comprou 19 imóveis por R$ 9 mi e fez negócios com empresa panamenha

Inscreva-se na nossa Newsletter e
fique informado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Vale a pena ler...
Incêndio destrói parte da catedral de Notre-Dame em Paris